Numa mesma estrada...caminhares!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

A quem me docifica....



Ela não suportou olhar tanto tempo. Virou de costas, debruçou-se na janela, feito filme: Doris Day, casta porém ousada. Então ele veio por trás: Cary Grant, grandalhão porém mansinho. Tocou-a devagar no ombro nu moreno dourado sob o vestido decotado, e disse:
- Sabe, eu pensei tanto. Eu acho que.
Ela se voltou de repente. E disse:
- Eu também. Eu acho que.
Ficaram se olhando. Completamente dourados, olhos úmidos. Seria a brisa? Verão pleno solto lá fora.
Bem perto dela, ele perguntou:
- O quê?
Ela disse:
- Sim.
Puxou-o pela cintura, ainda mais perto.
Ele disse:
- Você parece mel.
Ela disse:
- E você, um girassol.
Estenderam as mãos um para o outro. No gesto exato de quem vai colher um fruto completamente maduro.

- Caio F. Abreu in “Os Dragões não conhecem o Paraíso”

.
Era um amor assim tão pleno, de ocupar assim todos os espaços,

tão suave, de ir se ocupando dos espaços sem medo,

tão leve , daqueles que nos dão asas aos sonhos ,

tão sempre mais , daqueles que nos permitem ir além,

e tão doce, mais tão doce, que dava vontade de lamber os dedos.

.

...Erikah Azzevedo...

31 comentários:

  1. Era um amor assim tão pleno, de ocupar assim todos os espaços,
    tão suave, de ir se ocupando dos espaços sem medo,

    tão leve , daqueles que nos dão asas aos sonhos ,

    tão sempre mais , daqueles que nos permitem ir além,

    e tão doce, mais tão doce, que dava vontade de lamber os dedos.

    .


    ...Erikah Azzevedo...



    Texto copiado do Blog Palavrear Intenso de Erikah Azzevedo !... Palavreio assim in_tensa_mente... ¿ http://palavrearintenso.blogspot.com/#ixzz16QQ6sIYk
    Esse texto foi copiado do site acima e está com a autoria garantida pelo
    Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

    ResponderExcluir
  2. Eita delicia de amor...

    Saudade!

    Beijos e mais beijos...

    ResponderExcluir
  3. Há tempos eu pensava que meu pecado principal fosse a luxúria, mas descobri que é a gula, muito mais ampla!

    =)

    Beijos, minha querida!

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  4. oi Erikah!



    Gostaria de convidar vc para participar do nosso 2º Amigo Oculto de Natal, as inscrições estão abertas para quem quiser participar, será uma linda festa de confraternização virtual. Para saber mais detalhes e se inscrever passe no meu blog.

    Abraços e obrigada!!

    Ξ ѕ t є я


    * Devido ao sucesso da nossa última confraternização, muitas pessoas mandaram email perguntando se não haveria um outro amigo oculto. Por isso resolvi fazer outro em tão curto espaço de tempo, e também porque algumas pessoas viajam nesse período...

    ResponderExcluir
  5. Tão pleno, tão doce, tão natural... tal como as suas palavras...

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  6. Este conto 'Mel & Girassois' é um dos meus preferidos do "Os dragões não conhecem o paraíso', do Caio, que tenho autografado por ele, não é um luxo?
    Bjs*

    ResponderExcluir
  7. Um amor é lindo, é intenso...
    Adoro Caio, sempre uma bela escolha.

    Bjinhos

    Mila

    ResponderExcluir
  8. Oláa amora , estou pois comecei uma campanha e preciso de sua ajuda.
    Eu e uma amiga criamos uma pareceria e para que tenha posts novos e para que tenhamos estímulos para escrever precisamos de sua colaboração
    Seguii e gentee , prometemos seguir de voltaaa...
    Beijinhos obrigada pela colaboração
    http://coisasdleticia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde!
    Tenho um presente para você hoje...

    Pega lá:

    http://descalcapoesias.blogspot.com/


    ♥´¯`*•.¸¸♥ Grande bjo,
    um ótimo final de semana!
    Fica com DEUS...

    ♥_________Mih_ ઇઉ

    http://descalcapoesias.blogspot.com/
    http://trevisanimichelle.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. erika,

    era uma amor assim...é alguém com a sensibilidade que fala assim do Amor.

    de Caio que desconheço fiquei deslumbrada.

    belo post para final de Sábado.

    bj

    ResponderExcluir
  11. Bom um amor doce!!!
    Um beijo querida, aqui tá lindo!
    Ju

    ResponderExcluir
  12. E aqui escrevo com os dedos lambuzados, de tanta doçura e beleza no texto. Caio me lembra a Suzi sempre!

    Beeeijos com saudade.

    ResponderExcluir
  13. Oi, vim conhecer seu espaço e suas letras e confesso estar amando! Há poesias que fluem tão espontâneamente, versos brotam sem labor e crescem suavemente... Como a que acabo de ler! Encantada! Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Um amor assim é exatamente aquele que eu sempre quis para mim.Bjosss...Érikah.

    ResponderExcluir
  15. Também eu como com o coração, Éricak, também eu prefiro conhecer pelas palavras as pessoas, pois assim conhecemos sua alma, não há como esconder sob as letras! Maravilha seu pensamento e alma! Parabéns! Beijos!

    ResponderExcluir
  16. um amor assim, e a gente começa lambendo os dedos...

    e é só o começo...

    absolutamente lindo.

    beijos

    ResponderExcluir
  17. .

    Todo amor é doce, e fica sempre a vontade de lamber dedos lambuzados de doçura.

    Seu coração é grande, amorinha. Sei que nele tudo cabe. rsrs

    Beijo grande

    .
    .

    ResponderExcluir
  18. gosto, gosto mto da sua escrita! "q dava vontade de lamber os dedos"... adorei...
    uma escrita leve q adoro!
    bjo linda

    ResponderExcluir
  19. Sua conclusão foi poética minha flor.
    Lindo!!!
    Parabénsssssssssssssssss.
    Beijokas.
    Demorei pq estava viajando.

    ResponderExcluir
  20. Ah, o doce gosto do amor, como o colher de fruta madura, lindo isso que postou em teu blog Érika, vou procurar conhecer mais trabalhos de Caio F. Abreu.
    Tu tens dons e tuas letras já nascem com personalidade, tanto que até em teu comentários surgem poesias, como o que transmiti para Ariadne.
    Deus te abençoe sempre, abençoe esse mar doce de inspirações que tens.

    ResponderExcluir
  21. Penso que os poemas são sempre incompletos, ou completados por quem os lê ou sente...Este misto de emoções que a gente "quer desaguar" ...são os hiatos que o poema ou a canção nos deixa como nossos "complementos".

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  22. Ui que texto tão envolvente e sedutor.
    Parabéns.
    Desejo esteja bem.
    Beijinhos/Irene

    ResponderExcluir
  23. Caio F. Abreu é necessário, mas as tuas palavras complementaram a beleza da história de amor, sutil e doce...
    Te sigo!

    Abraços

    ResponderExcluir
  24. Xará, sim existem amores com este gosto de mais e de mel, eu sei...


    beijos, linda!!!

    ResponderExcluir
  25. Erikah
    Teu toque foi especial.
    Gostei muito do teu cantinho e voltarei.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  26. Um amor, pleno, leve, um amor como prato principal, de se lambuzar, de lamber os beiços e que não é pecado.

    Beijos, flor!

    ResponderExcluir
  27. I Fiend interesting and digestible your blog which is why we invite you to exchange links.
    If you agree put in your bloghttp://hotshowgay.blogspot.com/
    I'll add your blog at my blog from my other blog http://phnomsroks.blogspot.com/
    In true communication I hope to answer the invitation whether the decision that you will get.

    Thanks for visiting my blog.

    ResponderExcluir
  28. Erika, teu espaço é uma pérola entre as toscas pedras que a mediocridade espalha na blogsfera. Os leitores só têm a ganhar com um blog tão interessante. Parabéns pela bela alma que você tem.

    ResponderExcluir

Palavreia aqui você também!
Faça-se palavra!