Numa mesma estrada...caminhares!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Coisas de passarinho...

Tem dias que a poesia voa,
vai lá no vento...e no bico me traz palavras novas!
a poesia é passarinho...
(Luiz wood)


 

Menino das palavras,do blues nas canções.
De asas que vôam num céu de emoções
Tu tens sempre poesia a escorrer pelos dedos.
Sorvo gota a gota , mesmo sabendo que é dificl me saciar de ti.
Uma dose pede outra e mais outra e mais outra.
Contigo há sempre sede sentada à mesa dos dias.

…Erikah Azzevedo….



Entre pássaros, todo vôo é permitido.
.
...Erikah Azzevedo...

 

 

Homenagem feita ao poeta Luiz Wood…
Um dos melhores poetas que, no hoje, tenho o prazer de conviver.
Compartilho com vcs amigos o blog  dele :

Visitem, é um canto de belezas.

13 comentários:

  1. Posse acompanhar-te nessa sede?

    Saúde:)

    ResponderExcluir
  2. Sentia-te perto
    E o tempo
    Adormecido
    No cantar do ribeiro
    Parava
    Enlevado
    "Para nos ver
    Assim eram os dias
    No tranquilo paraíso
    Em que desenhavas
    Minuciosa
    O crescer das minhas asas
    E eu sentia
    Maravilhado
    O vigor do teu voar."
    (AC)

    Abençoadas sejam essas poesias que nos dão o dom de voar...

    Lindo post, menina Erikah!!

    Bjão pro cê!!

    ResponderExcluir
  3. Menino das palavras,do blues nas canções.
    De asas que vôam num céu de emoções
    Tu tens sempre poesia a escorrer pelos dedos.
    Sorvo gota a gota , mesmo sabendo que é dificl me saciar de ti.
    Uma dose pede outra e mais outra e mais outra.
    Contigo há sempre sede sentada à mesa dos dias.


    …Erikah Azzevedo….





    Entre pássaros, todo vôo é permitido.

    ...Erikah Azzevedo...

    ResponderExcluir
  4. Erikah, qtas saudades!

    Bonito ler isso, viu? Me reabastece de esperanças q o ser humano é bonito mesmo que e ainda que. Hoje tive vontade de sumir da blogosfera por imaginar que meu coração seja muito frágil para o tanto de espinhos que espetam gratuitamente, mas vejo vc aqui, doce e haja o que houver, aconteça o que acontecer permanece. Talvez essa força venha exatamente da doçura não é mesmo?

    Vou-me embora te levando um pouco comigo!

    Te abraço

    ResponderExcluir
  5. Tem dias que a poesia me encanta ...
    tem dias que preciso delas pra
    respirar profundo..
    tem dias que me fazem plena ...

    Tem dias ...


    beijoos querida...

    ResponderExcluir
  6. Lindooo... 1 milhão de vezes lindooo!!

    rsrs...

    esse mal entendido só fez eu gostar ainda mais de ti... e conhecer o trabalho do Wood... vou correndo conhecer o blog dele...rsrsrs

    Um beijo, amada!

    ResponderExcluir
  7. Fly, baby.
    E obrigada pela passada là no meu cantinho. é sempre um prazer receber a visita de um belo passarinho na janela de casa.

    ResponderExcluir
  8. O bom minha amiga poetisa é que nós podemos usufruir da riqueza dessa parceria emocionante!
    Um beijo carinhoso e o meu desejo de que a sua semana seja maravilhosa!

    ResponderExcluir
  9. boaa noiteee querida....
    que post lindo!
    tudo mto belo por aquii!...

    adorei!

    grande beijoo..



    ♥ Mιcнєllє Trєѵιsαηι

    ResponderExcluir
  10. Belo poema. E belíssima indicação: visitei o blog e entendi melhor a justa homenagem.

    beijo.

    ResponderExcluir
  11. A poesia está dentro daqueles que possuem a mais pura e bela capacidade de expressá-la, e você é uma dessas pessoas! Parabéns, gostei muito da maneira que você escreve. Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Entre pássaros todo vôo é permitido...
    Entre os poetas se sucede o mesmo com as palavras...
    Linda postagem,menina!!!

    ResponderExcluir
  13. Aqui tudo inquieta, tira do prumo...
    poesia introspectiva, punhal, adaga dentro da carne.
    gostei bastante
    voltarei mais vezes
    beijo

    ResponderExcluir

Palavreia aqui você também!
Faça-se palavra!