Numa mesma estrada...caminhares!

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Das insaciedades...

Essa fome que tem teu nome,
cria no meu ventre asas
que sempre voltam ao mesmo cais do teu corpo.

É brasa, é fogo que estravaza, é lava encandecida,
prazer que se anuncia,
pernas que se aliciam a te procurar.

Navegai , aprofunda em mim o teu querer
...atravessa-me....
és em mim o que não se confessa,
esse desejo que não cessa,
esse amor que não tem pressa de acabar .

Faça-me nascente a desaguar em ti amor...
Sou este rio que corre pra o teu mar,
e as minhas águas, quando calmas,
só tu consegues agitar.

...Erikah Azzevedo...


O prazer se
faz em êxtase:
quando o
meu corpo,
feito água,
descobre
todos os
caminhos
do seu.
E deixa-se
ficar
onde você
mergulha em
mim.


[Stela Fonseca]

34 comentários:

  1. Erika! Que imagem forte e viva! Show!

    Olha minha cara, vc escreve muito bem...

    elogiar demais fico parecendo bobo! Mas é mesmo uma mestra das palavras!
    "as minhas aguas calmas só tu consgeues agitar!"

    "esta fome..."

    " atravessa-me..."

    Que tudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. Essa fome que tem teu nome, cria no meu ventre asas que sempre voltam ao mesmo cais do teu corpo. É brasa, é fogo que estravaza, é lava encandecida, prazer que se anuncia, pernas que se aliciam a te procurar.
    Navegai , aprofunda em mim o teu querer ...atravessa-me.... és em mim o que não se confessa, esse desejo que não cessa, esse amor que não tem pressa de acabar .
    Faça-me nascente a desaguar em ti amor...Sou este rio que corre pra o teu mar, e as minhas águas, quando calmas, só tu consegues agitar.

    ...Erikah Azzevedo...

    ResponderExcluir
  3. Oiee Erikah querida!!

    Intenso,como você descreve.Vejo vulcão nas entrelinhas!!

    Linda amiga,um grande beijo!

    ResponderExcluir
  4. Tu...de facto...Ou és todo um sentir por revelar ou se sentes assim...Só podes fazer feliz quem está contigo:)

    ResponderExcluir
  5. uma total entrega...

    lindo o texto!

    bjinhus

    ResponderExcluir
  6. Ja sentia saudaes do seu lugar... bom demais ler-te!

    beeejo querida!

    ResponderExcluir
  7. De uma intesidade rica em palavras e em detalhes...
    Adorei!
    Bjsss

    ResponderExcluir
  8. Caliente, belo, intenso. Como são as paixões.

    beijo, minha querida!

    ResponderExcluir
  9. ErikaH querida,
    Esse texto é de uma sensualidade absurda, ai, ai...Muito lindo. Hoje postei algo inspirado em sua poesia, vai me ver.
    Um beijo, com carinho.
    Denise

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde, que coisa mais bonita,assim justinho.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  11. ...e como é bom neste mar navegar, mergulhar, ficar...

    Versos intensos^^

    ResponderExcluir
  12. Gosto desse teu jeito de dizer o amor ...com a poesia jorrando do coração, fluindo e deitando-se nas telas...Combina com você, com o seu despojar...Bjs querida.

    ResponderExcluir
  13. ErikaH

    Desperta-me de noite
    o teu desejo.
    Secretamente
    entras no meu peito
    e sinto os teus dedos
    no sono em que me deito...

    Beijos meus,
    AL

    ResponderExcluir
  14. Eu viajo nestas palavras que deixa aqui.
    São intensas e suaves...
    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Simplesmento perfeito...me emociono sempre lendo vc!

    bjos...um domingo lindinho prá vc!

    ResponderExcluir
  16. Um sentimento visceral. Boca, pele,cheiro encantos e sabores que só um coração consegue explicar. Se deixa ser então!

    Bjos

    ResponderExcluir
  17. Olá, boa noite!
    Eu vim aqui te convidar para visitar meu blog de Poesias. Se gostar ou não, se quiser me adicionar, vou ficar feliz de ter seus coments por lá. Fique à vontade, a casa é nossa. Que tenhas saúde e alegrias duradouras. Mega abraço,
    João, poeta.
    www.ludugero.blogspot.com
    Até mais! voltarei, de certo, com mais demora para melhor apreciar seu interessante blog.

    ResponderExcluir
  18. Ah esses encontros em que nossas águas se fundem e já não sabemos onde terminamos rio e onde começamos a-mar...

    "e as minhas águas, quando calmas,
    só tu consegues agitar."

    Coisa mais linda!!

    Um beijo, menina que adoro!

    ResponderExcluir
  19. Assim são os ciclos das marés.
    Beijo

    ResponderExcluir
  20. Minha querida

    Como sempre vagueio pelas palavras que encontro aqui...quase sempre passo em silêncio, e vou cheia de poesia.

    Hoje deixo um beijinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  21. Amor líquido, que escorre, que corre para todas as margens, que inunda os gens do desejo, que deseja a vida, onde quer que ela esteja, mas que seja cada vez mais vida.
    Abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
  22. e como é bom em tal água mergulhar...

    bjus da kirah^^

    ResponderExcluir
  23. Erikah,

    como vc vai anjo?

    Que texto mais mais instigante... Maravilhoso.

    Por coicidência estou tecendo um texto sobre a fome que tenho em uma imagem... E vc escreveu sobre a fome que tem um nome. Fantástico! Atiçou anda mais a fome. rs

    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  24. Essa fome que não cessa, e que nos atravessa tem um nome que todos conhecemos.
    É sempre um prazer ler os teus poemas intensos e poderosos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Patrícia Vicensotti,
    ô amora, não consigo comentar em teu blog..pq será?
    Diz-me se puderes tá!

    Bjo grande .

    ResponderExcluir
  26. Boas!

    Adoro este blogue

    Podes adicionar o meu aos teus links sff?

    http://davidjosepereira.blogspot.com/

    Obrigado :)

    ResponderExcluir
  27. Sem pressa é sempre tão melhor, né, flor?

    Beijo, beijo.

    ResponderExcluir
  28. Sou este rio que corre para o teu mar...
    Depois disso não precisa ser mais nada! Este rio desagua suas docuras no ser que ama.
    Belo!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  29. ShoW de poesia!
    "Só tú consegues agitar"
    LINDO!!!!!!

    ResponderExcluir
  30. Um poema belissimo para encerar a semana com chave de ouro.
    Um lindo Domingo beijos meus,Evanir.

    ResponderExcluir
  31. Duas pessoas de meu conhecimento comentaram aqui...: Sam, e Luna. Luna conheço faz tempo.

    Seu problema pode ser corrigido com sua migração ao Chrome. Resolvi o meu assim.

    Sua poesia, pega profunda no corpo e na alma; fala de sensações femininas que nos são caras, a nós, homens.
    Um prazer ter vindo aqui. obrigado, Sam.

    A você, ErikaH,

    um beijo.

    ResponderExcluir
  32. coisa muito linda excepcional, encontrei verdades e poesias à me deleitar...xeruuuu!

    ResponderExcluir
  33. Consegui encontrar uma palavra para o blog
    T.U.D.O!!!!Ameeei!!!Abraço Monique

    ResponderExcluir

Palavreia aqui você também!
Faça-se palavra!