Numa mesma estrada...caminhares!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Certezas...

"Compreendi, então, que a vida não é uma sonata que,
para realizar a sua beleza, tem de ser tocada até o fim.
Dei-me conta, ao contrário, de que a vida é um álbum
de mini-sonatas. Cada momento de beleza vivido e amado,
por efêmero que seja, é uma experiência completa
que está destinada à eternidade.
Um único momento de
beleza e amor justifica a vida inteira."

(Rubem Alves)



Ficava procurando tesouros em minas perigosas, em cantos escuros, esquinas, becos ... lugares improváveis e absurdos, e esquecia de procurá-los dentro de mim mesma...é porque  me procurava e também não me achava. A vida, meus amigos,  é uma eterna busca pelo infinito, pelo que há de mais bonito, é um que de perfeição onde só o imperfeito vive...uma constante procura....uma eterna magia.  E viver tem sido , a mim,  inexplicavelmente mágico. Vivo e só vivo porque sinto.... procurar o que me faça  sentir, meus pequenos tesouros, tem me aberto um mundo  de vivencias e possibilidades....a isso eu chamo de intensidade porque vida  que é vida precisa ser devorada e digerida jamais mastigada pela metade.

...Erikah Azzevedo....

39 comentários:

  1. Ficava procurando tesouros em minas perigosas, em cantos escuros, esquinas, becos ... lugares improváveis e absurdos, e esquecia de procurá-los dentro de mim mesma...é porque me procurava e também não me achava. A vida, meus amigos, é uma eterna busca pelo infinito, pelo que há de mais bonito, é um que de perfeição onde só o imperfeito vive...uma constante procura....uma eterna magia. E viver tem sido , a mim, inexplicavelmente mágico. Vivo e só vivo porque sinto.... procurar o que me faça sentir, meus pequenos tesouros, tem me aberto um mundo de vivencias e possibilidades....a isso eu chamo de intensidade porque vida que é vida precisa ser devorada e digerida jamais mastigada pela metade.

    ...Erikah Azzevedo....

    ResponderExcluir
  2. Fazia tempo que eu não conseguia ser a primeira a comentar aqui. Comentar, não... todas as vezes que aqui entro deixo um pouco de mim em palavras e sentimentos e energia! Levando comigo fé e leveza!

    Meu último post foi sobre a desmistificação da caixa de Pandora, onde julgamos conter grandes tesouros. Essas coisas grandes que esperamos e queremos a todo custo aprisionar não passam de pesos e coisas emboloradas. Pois é exatamente isso que nos salta aos olhos no seu texto, vida é pra ser tateada, manipulada, moldada, mexida, revirada... COMIDA! Viver não pode se tornar um eterno poupar-se para grandes instantes, até nossos sentidos podem criar mofo! rs O viver precisa ser dinâmico, autêntico e LIVRE.

    beijos meus, queridíssima!

    na saudade perene de vc...

    ResponderExcluir
  3. Erikah, amada!

    Então vamos mastigar a vida, viver tudo o que há pra viver!
    A vida é mágica, rara, mesmo com altos e baixos.
    O que não se pode (E nem se deve) é viver pela metade.

    Como diria o sábio Guimarães, o caminho é resvaloso. Mas é tão bonito!

    Te beijo!
    Aquele, estalado na testa!!!

    ResponderExcluir
  4. "Vivo e só vivo porque sinto". Sinto porque vivo, eu diria. Uma reflexão e tanto, Erikah: a busca de si em si, dentro de si, e tudo o mais se acrescentará...

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito como algumas vezes você coloca uma sutil agressividade nas palavras, como um alerta para nós.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi , Erikah !


    E vivamos a vida com prazer , saboreando
    cada momento , cada segundo ...

    BjO Grande !

    ResponderExcluir
  7. Olá, Erikah!

    Muito obrigada pela visita! Seja sempre muito bem-vinda!

    Vim conhecer o seu espaço e que bela surpresa encontrei... tudo muito lindo por aqui!

    Adorei o texto... sem dúvida, a vida precisa ser degustada... adorei!

    Beijos e sigo-te!

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Verdadeiramente: "...A VIDA É UMA ETERNA MAGIA..." -Passando para agradecer a visita e desejar um belo final de semana, voltarei!

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  9. Nada pela metade sacia uma vontade, uma vida inteira.

    Muito verdade, Linda!

    ResponderExcluir
  10. É como você diz alí ao lado:

    "A vida, precisa desesperadamente
    escrever momentos únicos...
    Eu preciso!"

    Concordo e subscrevo tudo quanto você transcreveu e escreveu, bom..., nem tudo, não imagino você procurando tesouros por cantos escuros, esquinas e becos e sítios absurdos..., não imagino mesmo, muito embora muitas vezes a gente queira se encontrar e não seja fácil...
    Mas você é linda e por isso sempre se encontra, né?!

    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  11. Erikah,

    Entrei aqui e de cara, me senti em casa.
    Identificada, totalmente.
    Vida pra se devorar!!!!!!!!!!

    Siguindo o afã de viver, os eu.

    Bjssssssss

    ResponderExcluir
  12. Adoro... 'Rubem Alves'
    E vc tem magia e encanto na sua escrita... Lindo post!
    Concordo quanto a degustar a vida por inteiro, só que sentindo o sabor de cada delícia e há algumas situações que se completam e precisam ser em partes... Metade + Metade!
    Bom Feriado,
    Bj

    ResponderExcluir
  13. Minha Jujuba, que tocante este post!
    Vamos saborear a vida, e devorá-la com paixão!
    (Se bem, que quando se tem pessoas como você ao redor, a vida ganha um gostinho especial, um gostinho de quero mais!)

    Te amo, daqui até o teto da rua!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. ...e aqueles segundos são tanta de tanta felicidade que podem te alimentar por dias e dias, vidas e vidas.
    beijo!

    ResponderExcluir
  15. De tão intenso, atravessou minha alma, sempre em sintonia com tudo o que você escreve...Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Mastigar, sim, mas sem pressa. Saborear... tudinho.

    Muito bela a poesia do seu texto.

    Fiquei feliz por sua visita. Sigo-a também.

    Bjs, Erikah, e inté!

    ResponderExcluir
  17. Que bom te ler hoje...
    que bom foi ler teu texto.
    beijo a ti, lindo final de semana!

    daufen bach.

    ResponderExcluir
  18. Querida... Gostei imenso do que me escrevestes.
    Amei teu cantinho, nossa que lindo!!!!
    A poesia faz as honras da casa, entrei e ela me abraçou.
    Beijos...

    Fernanda.

    ResponderExcluir
  19. Obg pela visita e cá estou...encantado com sua casa virtual e seguindo-a, claro, para saber voltar sempre, sempre! Bjs*

    ResponderExcluir
  20. Ericah minha linda,
    já normalizou a imagem, dê uma olhada lá.
    Um beijo,
    Fé Fraga.
    http://mefaltaumpedacoteu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Mini-sonatas.

    E queremos sempre o espetáculo todo, do início ao fim.

    ResponderExcluir
  22. É uma elegia, para mim. Para o leitor, é o que ele quiser, o que você quiser. Depois de publicado o texto deixa de ser meu.

    Seu espaço é muito bonito. Já estou seguindo!

    Sobre os tesouros escondidos, Clarice também escreveu sobre isso no conto 'Os desastres de Sofia'. É sempre tão bonito falar daquilo que está escondido. Parabéns!

    ResponderExcluir
  23. Muito obrigada pela visita, gostei muito do seu blog, suas palavras acima, são palavras de alguem que vive com muita intensidade, isso é bom, pois assim não deixa de aproveitar cada momento da vida.
    BOM FERIADO.

    ResponderExcluir
  24. Minha Querida
    A vida é para ser saboreada minuto a minuto...como quem come uma fruta gomo a gomo e ainda se delicia com o sumo que escorre...
    Beijos
    Graça

    ResponderExcluir
  25. Gosto de intensidade...
    Do tudo que se faz intenso, tamanha seja a força com que a vivemos...
    Viver cada momento, sem pressa, nem ansiedade...
    viver segundo, e nem se dar conta das horas...
    Tesouros retirados do fundo, quão riqueza do profundo, são perolas que brilham ante aurora...

    Trazendo teu beijo de volta, tesouro ainda morno que deixaste em minha casa.
    Lindo teu espaço, da profundidade com que vibram tuas palavras e isto é Intensidade...

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  26. Lembrei de Kid Abelha, flor :

    "Um pouco de amor
    resiste a tudo..."


    Eu não acredito em amor eterno, acredito em amor que deixa lembranças bonitas e doces, essas sim são para sempre.

    Beijos, querida!

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  27. Ei Erikah

    Agradeço o carinho e palavras que deixastes lá no Som do meu Coração.Muito Obrigada! Vivemos a Vida todos os dias, com plenitude minha cara! eu então, mais ainda. Sem mais palavras, brindemos as nossas VIDAS........ TIM! TIM!

    Grande e Forte abraço de IT

    ResponderExcluir
  28. .

    Amorinha... saudade grande!

    Agora, tanto você quanto eu sem orkut, fica mais difícil nos falarmos. Mas a menina continua guardadinha no seu cantinho cativo.
    Estou entrando muito pouco no msn, mas qualquer dia nos encontramos por lá.
    Apesar da ausência de palavras nesse seu cantinho lindo, minha visita é constante.
    Não me afastarei da minha amorinha.

    "Um único momento de beleza e amor justifica a vida inteira"

    É isso, amora. Pontanto, estás no meu coração.

    Muito amor para todos nós.

    Te beijo com carinho.

    .
    .

    ResponderExcluir
  29. Olá querida..
    Passei pra agradecer sua vizita no meu blog.
    Seja sempre bem vinda...
    Tenha um ótimo feriado !!!
    bjsssss

    ResponderExcluir
  30. Ain,Erikah...os dias vão passando.Nada se resolve,amiga.Mas Deus é Pai,né?Tenho Ele e minha fé,diante dessa situação...

    Lindo post,como sempre,viu!
    Um beijo Flor do core!

    ResponderExcluir
  31. Erika,

    A Sil, tão linda e tão querida, recomendou-me teu Blog. Vim, na época, passei a acompanhá-la, mas não cheguei a ler as postagens.

    Agora, rolando as atualizações dos amigos blogueiros, leio esse belo texto.

    Que a gente se preocupe menos em finalizar, dar o adeus (estou inclusive escrevendo sobre isso), achando que para tudo deve haver entendimento, razão, explicação. O melhor mesmo é ir abrindo-nos para as possibilidades, para a vida que temos em nossas mãos e, de forma intensa.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  32. Oi,

    Sou alguém que conheceu o inferno das drogas, que fez alicerce e morada nesse lugar. Sofri todos os horrores, ou boa parte deles e hoje me encontro limpa, sem drogas, mas consciente que tenho uma doença, sem cura, progressiva e fatal. Não tenho um intuito específico escrevendo isso, não estou procurando criticas, conselhos ou julgamentos, sou conhecedora da causa que escrevo, não há teoria. Sou apenas mais uma com vontade de colocar pra fora todos os bichos da minha história.

    http://vidadeumaexd.blospot.com/

    Obrigada

    ResponderExcluir
  33. Hoje não vou comentar o texto...passei para dizer o quanto me faz bem esse espaço!

    bjinhus...

    ResponderExcluir
  34. Hoje não vou comentar o texto...passei para dizer o quanto me faz bem esse espaço!

    bjinhus...

    ResponderExcluir
  35. Erikah, amo o Rubem Alves. E você é super especial, por isso vive assim encantada e encantando a gente.


    beijos

    ResponderExcluir
  36. Erikah minha querida!!!

    não precisa procurar tesouros fora, tá cheio deles aí dentro de você!!!

    ah eu fiquei feliz que gostou da postagem do Benedetti, pode pegar o que quiser sempre!

    Um beijão querida!!

    PS: Não te vejo mais no orkut, o que houve?

    ResponderExcluir
  37. Erikah querida,
    eu andava com muitas saudades suas e quando chego pra te visitar encontro esse texto tão lindo, cheio dos seus tesouros.
    Beijo, com carinho.
    Denise

    ResponderExcluir
  38. Amorinha!
    Eu tb sou uma constante exploradora de mim mesmo!
    E exploro a vida tb, em busca destes tesouros valiosos... eu sou mt afortunada!
    Tenho ao meu lado, preciosidades assim, como vc.
    Teus textos sao como prece... acalentam o coracao e a alma!

    Te gosto mt amora!

    AMO!

    ResponderExcluir

Palavreia aqui você também!
Faça-se palavra!