Numa mesma estrada...caminhares!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Essa fome de crescer...




Se inquietava porque se achava  frágil  frente a imensidão das coisas
...era uma menina que tinha fome de crescer,
mas um crescer diferente desses que sempre estamos a ver
... gostava de sentimentos grandiosos,
de gestos feitos com um coração que pouco cabia no peito

Nao queria  ser só o instante,
queria ser o adiante,
sentir-se sempre no a seguir

Queria mais... ser no mais , o tudo..
Carregar dentro de si um mundo
Ela queria ser um não ter fim

Ela se sentia um tão pouco para o muito que queria ser
...um segundo, um minuto, uma hora para uma vida inteira pela frente


....Erikah Azzevedo...

49 comentários:

  1. Gostei de tudo, mas disto:

    "Não queria ser o instante
    Queria ser o adiante
    sentir-se sempre no a seguir"

    espantoso!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Se inquietava porque se achava frágil frente a imensidão das coisas
    ...era uma menina que tinha fome de crescer,
    mas um crescer diferente desses que sempre estamos a ver
    ... gostava de sentimentos grandiosos,
    de gestos feitos com um coração que pouco cabia no peito


    Nao queria ser só o instante,
    queria ser o adiante,
    sentir-se sempre no a seguir

    Queria mais... ser no mais , o tudo..
    Carregar dentro de si um mundo
    Ela queria ser um não ter fim

    Ela se sentia um tão pouco para o muito que queria ser
    ...um segundo, um minuto, uma hora para uma vida inteira pela frente


    ....Erikah Azzevedo...

    ResponderExcluir
  3. Minha amiga linda! Poetisa do meu coração!

    Que bom é poder ter esse privilégio de te ler... bo demais!

    Vc tem uma sensibilidade ímpar! Eu adoro tudo que vc escreve, amora! :)

    Adorei isso:
    "Queria mais... ser no mais , o tudo..
    Carregar dentro de si um mundo"

    Que coisa mais linda! Perfeito!
    Beijinho de luz... :)

    ResponderExcluir
  4. '...Queria mais... ser no mais , o tudo..
    Carregar dentro de si um mundo
    Ela queria ser um não ter fim...', lindo Erikah.

    O texto inteiro está intenso. Ele não respira nas vírgulas, ele tem sede, ele quer esse momento. Ele quer o tempo.

    Beijos querida : )

    ResponderExcluir
  5. Amiga, estou sem palavras para dizer da sensação que me invadiu ao te ler.
    Menina, você é de uma sensibilidade ímpar.
    Concordo com Bibiana, suas palavras não respiram nas vírgulas...amo, amo, amo te ler.
    Brigadinha por existir e por nos presentear sempre dessa forma.
    Beijos enormes no teu ♥

    ResponderExcluir
  6. Bela postagem, verdadeiramente ! Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Erika,

    o querer ir mais longe, lembra-me crianças que precisam de tanto, de ir mesmo mais longe do lugar onde estão.

    Poema cheio de sensibilidade, pleno de emoção.

    bj

    ResponderExcluir
  8. Lindo o post! Amei! Fiquei até sem palavras!

    hehe

    bjos

    ResponderExcluir
  9. São os sonhos transbordantes : eu pratico! =)

    Beijos, querida!

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  10. A perenidade transformada em palavras,nesse preciso instante em que a leio...e nesse teu infinito passeio...Bjosss...Erikah.

    ResponderExcluir
  11. Um coração diferente
    Feito aos poucos para que comportasse toda história de uma mulher…
    Esta que hoje pode, assim como podem as deusas!...

    Obrigado menina.
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Aqui o lúdico funciona. Porque as palavras encontram em você uma disposição para sair voando. Você venceu o mundo Erikah e mudou o rumo da história. Palavras são memórias. E memórias o vento não leva.

    ResponderExcluir
  13. Nossa ja tinha vistos textos seus por ai .. ainda bem q achei o blog onde vc escreve.. perfeito adoro.. bjos!

    ResponderExcluir
  14. E ela vai seguindo para ir encontrando o tudo...

    Eita coisa danada de boa que é te ler...rs

    Beijo daqui praí

    ResponderExcluir
  15. Gosto de gente assim: intensa e gulosa nos sentimentos.

    beijos, xará!

    ResponderExcluir
  16. E essa fome querida Erikah...

    Fatalmente que deixamos muitas coisas pra trás, pelo caminho, por conta dessa coisa que existe dentro da gente e que não sossega, não tem jeito, não tem juízo perfeito... rs


    bjãoooo lindaaa

    ResponderExcluir
  17. ola Erikah, nussa q lindoooooo"Queria mais... ser no mais , o tudo..
    Carregar dentro de si um mundo
    Ela queria ser um não ter fim ..." adorei, lindo seu blog e seus poemas desde já te sigo, bjinhoss lindona

    ResponderExcluir
  18. Lindo grafar Erika!

    Que tu possas crescer nele cada dia mais...

    Bjs

    Mila

    ResponderExcluir
  19. Lindo!... ressoa comigo toda vida!
    Tive que comentar!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Belíssimo. Sem palavras.
    Sentimentos grandiosos são o que todos nós amamos.

    ResponderExcluir
  21. Queria ser melhor, mas não esse melhor que quase todo mundo deseja ser, mas um melhor grandioso, desse do sentimento, do querer um bem maior dentro de si... Querida, é incrível como sua poesia mexe comigo, ela fala por mim, sinto suas letras, Érikah! Muito sentir em ti e em seus versos! Lindo isso! Amei, flor! Beijos!

    ResponderExcluir
  22. .

    E a menina cresceu tanto... conseguiu ser 'um não ter fim'

    'um não ter fim' de belas palavras, de sentimentos grandiosos, de ternuras espalhadas, enfim... não tem fim as qualidades da menina.

    A menina? A amorinha querida que fez morada no meu coração.

    Beijos e ternura

    .
    .

    ResponderExcluir
  23. Ah, eu queria não ter fim de infância
    tenho fome de não crescer!!

    Beijos Erikah!

    ResponderExcluir
  24. Meus sinceros parabéns. Com certeza vc é uma excelente poetisa.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  25. Que lindo!!!
    Nossa, parece tiradas de dentro de mim essas palavras...Lindo lindo lindo!! Parabéns...
    Coloquei em meu blog, dizendo de onde o tirei...
    Espero que não se importe...
    Passa lá!!

    beijos

    ResponderExcluir
  26. Realmente Erikah, Tuas palavras cabem dentro de muitos, e está é a graça do que escreve.

    Erikah, eu estou apanhando na criação do Blog; mas agora está defenido, ajuntei todos num só.

    beijos

    ResponderExcluir
  27. Muitoo perfeito!! Parabéns!
    adorei o seu blog.
    estou seguindo! beijos

    ResponderExcluir
  28. Parece que hoje é o dia de sentir-me traduzida na blogosfera! lindo texto. tem a ver com o meu momento. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  29. Entrei sem bater e gostei do que li.

    ResponderExcluir
  30. Flor, olha você, de novo, escrevendo tão lindamente coisas que eu adoraria dizer... Sabe aquela sensação de "eu poderia ter escrito isso" tamanha identificação?! Gosto dessa proximidade que sinto de você, do teu coração, das tuas letras... Eu venho aqui e me emociono toda vez!

    Amo!

    Abraço, flor. Saudades gigantes!

    ResponderExcluir
  31. Olá,td bem?
    Vim aqui por indicação de uma amiga e gostei, lindo seu texto!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  32. Erika,

    Passa no meu blog. Estão lá dois selos que te ofereço.

    bj

    ResponderExcluir
  33. Li e reli!
    Lembrei-me de Clarice em toda sua subjetividade não tão subjetiva assim... "Ela queria ser um não ter fim"
    Lindo isso!
    Abraços

    ResponderExcluir
  34. Em primeiro lugar, está super lindo seu blog!
    Simplesmente adorei o que vc escreveu, vc realmente tem o dom! *-*

    ResponderExcluir
  35. ÉrikaH...

    É uma delicia entrar no teu templo e sentir todas as sensações!...

    Beijos!
    AL

    ResponderExcluir
  36. Quero mais!Caraca amiga arrasou! Estou sem dúvida precisando desse querer. Que força!
    Obrigada pelo carinho,em breve vou reverter o que estou vivendo e voltarei inspirada . Obrigada mesmo. Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  37. um crescer
    um querer
    um sentir

    um querer
    simplesmente ser...

    adorei

    abrazo serrano

    ResponderExcluir
  38. Querida! Tem selo pra ti no meu blog!
    Beijos flor : )

    ResponderExcluir
  39. ... e quando ErikaH quer... ela pode e ela é...
    poderosaaa!!!
    e eu sou... escandalosamente faltosa por aqui... e não só!!!
    ... não gosto deste mês... ;))
    beijoooos linda.

    ResponderExcluir
  40. Além das imagens perfeitas a montagem do texto ficou excepcional. Parabéns!

    ResponderExcluir
  41. Como passar por aqui e não palavrear? adorei a forma como vc escreve, sabe usar maravilhosamente bem o dom da sensibilidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  42. A busca pelo sentido de viver e o auto-descobrimento é sensacional! Adorei o blog e estou te seguindo; se quiser seguir-me também, veja: http://asvozesdomar.blogspot.com/

    Abrç!

    ResponderExcluir
  43. menina você escreve muito! difícil procurar as palavras certas para descrevê-la. mas em uma tentei resumir: magnífica!
    brilha muito erikah :}
    beijos

    ResponderExcluir
  44. fome...fome..fome...
    Ah! bendita essa fome...
    bendita!

    Luiz wood

    ResponderExcluir
  45. Vim ler de novo este aqui ... intenso por demais, belo, belo ! Obrigada por teu carinho, que esta semana seja repleta de Amor e Carinhos, um FELIZ NATAL pra ti e tua amada família. Beijos mil.Cria

    ResponderExcluir

Palavreia aqui você também!
Faça-se palavra!