Numa mesma estrada...caminhares!

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Essa tal de identidade…

única,cicatrizes...

Meus vincos, rugas , e cicatrizes,
contam histórias do como eu fui
e escrevem-me num tempo onde eu sou

... É o passado quem tatua as digitais da vida...

Erros e acertos... sinto-me irrevogalvemente insusbstituível e única.

Fui-me, sou-me, e isso a mim basta!

...Erikah Azzevedo…

marcas,cicatriz

De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.

A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros que contem
Passo por passo:
Eu morro ontem

Nasço amanhã
Ando onde há espaço:


"Meu tempo é quando."


(Vinícius de Moraes)

32 comentários:

  1. Meus vincos, rugas , e cicatrizes,
    contam histórias do como eu fui
    e escrevem-me num tempo onde eu sou


    ... É o passado quem tatua as digitais da vida...


    Erros e acertos... sinto-me irrevogalvemente insusbstituível e única.


    Fui-me, sou-me, e isso a mim basta!


    ...Erikah Azzevedo…

    ResponderExcluir
  2. Somos e o que nos fizemos e mudamos constantemente. Só para "conversar com teu poema" (com o qual me identifiquei muito):
    ENTROPIA
    falo num idioma que entende noites
    e dialoga com estrelas

    meu dizer não é meu, é do universo
    pois não sou de mim ou de ninguém
    fui gerado para romper fronteiras
    e só agora me descobri

    busco a magia escondida em cumes
    e a essência do átomo

    semeio e me desfaço lentamente

    o risco na pele é um sinal
    eu sinto
    mudo a cada segundo

    (Celso Mendes)

    Beijo, amiga!

    ResponderExcluir
  3. lindo..e é assim que devemos seguir...

    bjinhus

    ResponderExcluir
  4. Já estou a 6 meses na minha Viagem.
    Só tenho a agradecer o carinho recebido
    e não foi pouco não.
    Espero em Deus permanecer
    viajando muito tempo dando
    e recebendo carinho e amor.
    Obrigada a você por viajar junto comigo.
    Um feliz Domingo deixando para você
    carinho e beijos meus,Evanir.

    ResponderExcluir
  5. Pois...Não sei é razão de tanta cirurgia plástica...Será uma forma de renegar o passado? Ou o futuro?

    ResponderExcluir
  6. Foste a ti e nessa ida te achaste!
    Abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
  7. e como é bom ser...somos o conjunto do que passamos e do que virá, somos o todo perdido no nada!

    bjus da kirah^^

    ResponderExcluir
  8. O melhor é o agora...Sê!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  9. Profunda as suas palavras Erikah.
    Cada marca revela o que somos em nossa mais pura essência!
    Saudades de você!
    É sempre bom estar aqui!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. sempre bom aprender
    um pouquinho de ti!
    bjs

    ResponderExcluir
  11. É sempre muito bom vir aqui afagar a alma lendo
    seus escritos!

    bjos...

    ResponderExcluir
  12. Seu blog é muito interessante...
    Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
    Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
    E http://deusemminhaalma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi Erikah...
    o texto que está em:

    http://paradoxo-paralelo.blogspot.com/2011/04/o-amor-que-me-escreve.html#comments

    Sabe-se que é seu! Mas a Moniky não estava reclamando autoria desse texto...mas de um dela que a Kamila já apagou e estava sem nenhuma referência de que era da Moniky,entendeu?

    ResponderExcluir
  14. Intensidade de sentimentos ... Lindas demais tuas postagens ! Beijo, boa semana.

    ResponderExcluir
  15. Oi Erikah, tenho dois selinhos de presente pra você lá no meu blog :)
    Está aqui-> http://palavras-e-sentimentos.blogspot.com/2011/06/blog-de-visual-novo.html

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. ´Caramba, Erica, parece que vc leu meu coração puxa vida!
    Excelente texto!
    Um beijo,
    Fé Fraga.

    ResponderExcluir
  17. olá Erika muito bom seu blog, e vim te convidar para dr uma passada no meu blog e se gostar pode comentar e seguir por favor que logo farei o mesmo beijos flor*

    ResponderExcluir
  18. ola...riei um novo cantinho que sempre tive vontade...um espaço voltado somente para coisas de Deus..se quiser siga, visite...ok!

    Meu novo blog
    http://reina-em-mim.blogspot.com/

    bjosss

    ResponderExcluir
  19. Oláa! Boa noite querida...
    depois de um tempo sem comentar (por motivos de força maior, ou melhor, por malcriação desse Blogger... rsrs... pois ele não me deixava logar), voltei a ativa!

    e está td maravilhoso aqui hein?! adorei querida!
    Lindo! adoreii o seu post! ás veses procuramos por ser tanto, mas assim como vc, o que fui e o q sou me basta, e sou tão contente por isso! me sinto realizada...


    "o medo que tentamos inutilmente esconder e que nos limita em tantos aspectos é o mesmo que, em silêncio, o outro sente também. Não precisamos fantasiar que as dificuldades são somente nossas".

    grande bjo querida!
    Uma ótima noite!

    Mih_

    ResponderExcluir
  20. O que somos já é suficiente para nos orgulharmos sempre... Lindo teu poetar!

    ResponderExcluir
  21. Passando para matar as saudades das belas palavras que sempre deixa por aqui.
    Meu tempo também é quando...
    Abraços

    ResponderExcluir
  22. Tem mimo pra ti no meu blog

    escolha um mimo e um desafio, ou todos, conforme lhe apetecer

    bjus da kirah^^

    http://doceluarr.blogspot.com/2011/06/pequenos-mimos.html

    ResponderExcluir
  23. Eu como mulher, senti na pele a poesia!

    Muita luz... muita, muita luz...

    venha visitar essa poetisa aqui, vc me encontra em:
    www.soliloquioaolonge.blogspot.com

    será um prazer te seguir, vc retribui tal seguimento?

    um grande abraço

    ResponderExcluir
  24. Muito legal seu blog. Continue

    Beijo

    ResponderExcluir
  25. Só reparei agora numa coisa :)
    Ocupação: "Agricultora de palavras" :)
    Quanto originalidade!

    "Fui-me, sou-me, e isso a mim basta!"
    Somos um produto do passado, marcado por ele... Mas sem esse passado nunca seriamos o que somos hoje.
    Bela reflexão :)
    Obrigado pela sua crítica no meu blog.
    Atenciosamente,
    Carlos Leite

    ResponderExcluir
  26. as tatuagens nossas de cada dia, marcas em nosso coração e na alma, dizendo quem somos, abrindo portas para sermos. beijo

    ResponderExcluir
  27. querida amiga , as marcas do nosso rosto,de nosso semblante são recordações que a vida nos deixa de lembranças,adoro amiga os poemas do vinicius de moraes,são profundos e calam fundo em nossas almas parabens por sua bela escolha um abraço marlene

    ResponderExcluir
  28. O que dizer? Tuas belas palavras parecem captar toda beleza possivel. Maravilhoso!

    ResponderExcluir
  29. Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?
    "Crianças Envelhecem"

    http://criancasenvelhecem.blogspot.com/

    Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
    Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
    Atenciosamente Dinha".

    ResponderExcluir

Palavreia aqui você também!
Faça-se palavra!