Numa mesma estrada...caminhares!

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Um viver nas palavras…

 

Quero a palavra fluente,
viva e inquieta como o sangue.
Pura ou impura eu reclamo
a poesia do momento,
filtrada exata constante.
( Zélia Gatai)

19e44bb60dad6e55953daa66ee09d2a0628678c8

Corre! Vai buscar no centro da palavra o que abre um caminho de sentires…
Passeia  nesse tempo de urgências que tornam preciosos os instantes, e que faz de cada minuto uma pausa pra sentir.
Faz de cada livro um mundo de aprendizagens  e em cada texto um  amigo pra te ouvir ....pesca nas entrelinhas , o que ficou subentendido e  em cada frase um sentido pra seguir. 
Vista o olhar de palavras,  mas entenda que certas palavras nos fazem olhar por dentro. Cole-as na pele, feito tatuagem,  imprima-as  do lado avesso...  destine a elas aquele apreço que elas tanto merecem.
Costura o pensar,  alinhava os  pensamentos.. palavras tecem momentos, cobrem e aquecem sentimentos.
Desnuda-se  em  palavras seja noite ou seja dia.
Deixa  que elas te guiem  na viagem. E não se esqueça: são elas Céus pra vôos  e campos pra aterrissagem .
Exercite a transparência  seja  em sopros de tristezas ou suspiros de alegria
Apaga a cor do silencio, amarra a dor que vai dentro.
Solta o verbo ,  deixa-o livre e faz nele moradia.

...Erikah Azzevedo...

dZpRheBrmViBSPsWs6h8_w Ai, palavras, ai, palavras,
que estranha potência a vossa!
Ai, palavras, ai, palavras,
sois de vento, ides no vento,
no vento que não retorna,
e, em tão rápida existência,
tudo se forma e transforma!

(Cecília Meireles)

21 comentários:

  1. Xará,

    fiz do verbo a minha morada e sou feliz, feliz!!!

    Amei o seu post!!!


    Claro, que não sei usar aquele recurso...hehe. Nasci na década de 70! haha. Me ensina.

    Beijo

    ps: eu sou Erikinha, Kinha ou Eri

    ResponderExcluir
  2. Erika

    sei que é uma das que seguem direitinho essa cartilha, sei..vejo..sinto.

    Qto ao Erikinha, kinha, tb me chamam, como tb de kinhona, kika ..hehe

    Comtemporânea somos portando...nasci em 1976 e devo ser mais veinha q tu menina...hehehe...vou correndo até ti, re mostrar os caminhos das pedras.

    Bjinhos

    Erikah

    ResponderExcluir
  3. que bom voltar aqui.
    Tenha um feliz final de semnana.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  4. há de se ser inteiro. sê todo!


    um beijo.

    ResponderExcluir
  5. No viver das palavras se forma a forma de vida humana onde o contacto entre as pessoas não seria possível se não houvesse Um Viver nas Palavras.

    Belo texto num post de alta qualidade em que a exigência da interpretação nos põe à prova perante as palavras.

    Parabéns Erikah

    Bjos, bom Domingo.

    ResponderExcluir
  6. obaa!!! bem vinda!!! volte sempre, com perfume leve ou doce (kkk)
    beijo!!

    ResponderExcluir
  7. Há palavras que precisam ser ditas..

    Direi duas delas:

    Amo você !!

    Beijos querida..

    ResponderExcluir
  8. Tu não me amas nada, tuamas é a Sophi...isso sim!

    Arrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrght....rsrsrs....

    nem vem q não tem viu

    Sem beijos e de castido.

    Erikah

    ResponderExcluir
  9. Tá bom... fico de castigo.
    Eu mereço...

    Quando eu puder sair tu me avisa...

    O bom é que vou ficar aqui quietinho te olhando o tempo todo !!

    ResponderExcluir
  10. Muito bom vir aqui pra se encantar com tanta coisa Linda...
    Um beijo grande, e uma semana feliz demais!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Ale.

    Sinta-se sempre a vontade pra futucar tudo...gosto de tua presença por aqui.

    bjos

    Erika

    ResponderExcluir
  12. AAA
    Agradeço esse teu sentir em consonancia com o meu.
    Q teu domingo tenha sido tal como desejou menino.

    bjos

    Erikah

    ResponderExcluir
  13. Erikah, a menina bonita das palavras lindas ou será q é a menina linda das palavras bonitas? rs! Qualquer inversão aí é verdadeira. Falas da palavra com a propriedade daqueles q dela sabem cuidar. E isso pra mim Erikah é uma dádiva, teu cuidado com as palavras, tua verdade ao escrever. Todas essas coisas q te fazem sempre tão querida!

    E o selinho? Minha nossa! Lisonjeada aqui por ter sido uma das tuas escolhidas. Obrigada sempre viu?

    Bjao

    (precisotantoaproveitarvoce.zip.net)

    ResponderExcluir
  14. Opz, eu de novo... rs! Esqueci de falar da "cara" nova do blog, ficou show Erikah, adorei! Uma hora dessas qdo eu parar de ser preguiçosa vc. me ensina como se faz? rs

    Outro bj

    ResponderExcluir
  15. ErikaH...

    Desnuda-te em palavras... solta o verbo, deixa-o livre e faz nele moradia!!!


    Beijos...
    AL

    ResponderExcluir
  16. Tudo tão lindo, sincero, interno e extasiante, entende?!

    Obrigada. Por suas palavras, as daqui e as de lá!

    Um beijo, tô fazendo aquela pausa pra sentir, mas estou aqui como fiel leitora, apreciadora!

    Querida.

    ResponderExcluir
  17. Cris minha,

    Que bom que gostaste do selinho, mereces ele realmente , pela tua intimidade com elas as palavras...acho que fomo colegas de um mesmo curso, esse q nos ensina a cuidar bem delas né...hehehe. Tão feliz sempre q encontro alguém com o mesmo ofício e foi bem assim contigo né!

    Bjos de quem te gosta muito .

    Erikah

    ResponderExcluir
  18. Sawae, importante nos são essa pausa pra sentir, fico a sorrir por ver que pausaste aqui tb para me sentir. Sabes o qto gosto da tua presença por aqui né!

    Bjo e carinho.

    Erikah

    ResponderExcluir
  19. Às vezes a gente escreve tão claro que é questão de querer enxergar o que não cabe ficar em entrelinhas. Mas o verbo é de cada um e a ação é posicionada de maneiras infinitas.

    até.

    Jota Cê

    ResponderExcluir
  20. Jota Cê.

    E no blog de vcs o verbo é conjugado de uma forma tão bonita que ganham ele cada vez mais vida, personalidade propria. Talvez não façam vcs moradia neles , mas morem varios deles em vcs.

    Um abraço a ti e leva meu beijo até a RÊ.

    Erika

    ResponderExcluir

Palavreia aqui você também!
Faça-se palavra!